quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Audiência discute Programa de Saneamento Ambiental em Belo Jardim

Atendendo ao pedido de indicação nº 12/2017 do vereador Bruno Galvão, aconteceu nessa quarta (20), na Câmara de Vereadores a audiência de  apresentação do Programa de Saneamento Ambiental da Bacia Hidrográfica do Ipojuca (PSA).  Em Belo Jardim, estão previstos o projeto de obras do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) e o Programa de Pagamento por Serviços Ambientais na Bacia do Bitury.
De responsabilidade da Companhia Pernambucana de Águas (Compesa), o processo de revitalização e sustentabilidade do Rio Ipojuca custará US$ 330 milhões, sendo US$ 200 milhões oriundos do BID e US$ 130 milhões de contrapartida estadual. A previsão é que as obras sejam concluídas até agosto de 2019.
“Não se revitaliza o Rio Ipojuca sem antes realizar o saneamento da cidade. Essa é a nossa preocupação”, esclareceu o vereador que fez essa mesma menção com relação ao Rio Bitury.  “Essa audiência foi oportuna debater também assuntos pertinentes relacionados aos recursos hídricos como o abastecimento de água (cidade e zona rural); a retirada ilegal de água das barragens e das várias nascentes; o saneamento dos moradores ribeirinhos que situados em torno das barragens; o programa de educação ambiental para cidade e zona rural; além de tratar do desmatamento e ocupação irregular nas margens dos rios”, destacou.
O PSA – Ipojuca prevê a construção de estações de tratamento de esgoto e a criação de um parque ambiental que deve possuir, no mínimo, seis hectares cercado por reserva de mata ciliar.
Estiveram presentes na audiência representantes da Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC); Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH); Companhia Pernambucana de Água (Compesa); secretaria de Obras da Prefeitura de Belo Jardim; Consul Bitury; Baterias Moura; Grupo Asa; Notaro Alimentos e Organizações Não Governamentais (ONG’s).

Nove truques para fazer a bateria do celular durar mais

A bateria do seu celular sempre acaba quando você mais precisa? E quando não há nenhuma tomada por perto para carregá-lo? Seu carregador portátil sempre te deixa na mão?
Apesar de alguns avanços, fazer uma bateria durar mais ainda é um desafio para a indústria da telefonia.
Enquanto eles buscam soluções, reunimos uma série de ajustes rápidos que você pode fazer em seu celular para fazer a bateria render mais.

1. Ajuste o brilho da tela

A luminosidade da tela do seu aparelho tem um grande impacto sobre o consumo de bateria. Diminua o brilho e o mantenha o mais baixo possível, de uma maneira que ainda seja cômodo para se ler.
Para isso, vá em Configurações ou ajustes >> Tela ou brilho, dependendo do tipo de celular que você tem.
Você também pode desativar a opção “brilho automático”, já que ela pode estar otimizada para ficar em um nível bem alto de brilho.

2. Desligue o modo vibração

Deixar o celular para vibrar juntamente com o toque sonoro ou quando está no modo silencioso consome muita bateria. É uma função útil para quem não quer que o celular toque. Mas se você não precisa disso, o melhor é desativar. Para isso, é preciso ir em Configurações e ajustes e, em seguida, em Som.

3. Reduza o tempo de bloqueio da tela

Boa parte da vida de uma bateria é consumida com o uso da tela de início. Assim, quanto menos tempo seu celular levar para escurecer a tela, mais ele economiza bateria.
Para checar isso, vá em Configurações >> Geral >> Bloqueio automático. Selecione então o menor tempo possível.

4. Desligue as conexões de wi-fi e bluetooth

Ambas as funções minam a bateria de qualquer celular. Se não estiver usando, desative uma delas ou ambas.
Lembre-se que não há motivos para andar por aí com o wi-fi ligado. Tanto os modelos novos de Android como o de iPhone têm opções para ligar ou desligar ambas as conexões na tela de início, fazendo com que você não precise ir até o menu de configurações.

5. Desative a localização permanente do GPS

Essa é outra das funções que consome muita bateria. Mas é possível desligá-la ou restringir seu uso.
Para isso, vá em Configurações >> Privacidade >> Localização. Nessa tela, é possível tanto desativar totalmente a função ou, dependendo do celular, selecionar os apps que podem usar o serviço de localização.

6. Reduza as notificações

Será que você tem mesmo que saber na hora cada vez que alguém curte ou comenta um post seu no Facebook? Se achar que não é fundamental na sua vida, considere desativar as notificações de suas redes sociais.
Tenha em mente que as notificações acendem a tela e, assim, gastam bateria.
Para isso, vá em Ajustes ou configurações >> Notificações >> e ajuste sua preferência para cada aplicativo.

7. Não deixe os aplicativos funcionando em 2º plano

Se está ativada, essa função permite que os aplicativos sejam atualizados quando o celular estiver conectado a uma rede wi-fi, por exemplo.
Mas para economizar energia, vale desativar totalmente essa função ou ao menos para os aplicativos que não precisam ser atualizados sempre.
Para mudar, vá em Configuração >> Geral >> atualização “em 2º plano”
Também vale lembrar de fechar os aplicativos quando não estiver mais os usando.

8. Cheque quais dos seus aplicativos estão consumindo mais bateria

Tanto no Android como no iPhone é possível checar qual a porcentagem de bateria usada por aplicativos como Whatsapp, Facebook e Skype.
Assim, fica mais fácil decidir se vale a pena deixá-los abertos ou fechados.
No iPhone, vá em Configuração >> Geral >> Uso >> Uso da bateria. Já no Android, o caminho é Ajustes >> Administração da bateria >> Uso da bateria.

9. No Android, ative o modo de economizar energia

Você pode ativar essa função para estender a vida da bateria quando lhe for conveniente.
Para isso, vá em Ajustes >> Administração da bateria. Em alguns modelos, você pode escolher até três tipos diferentes de economia, que combinam vários truques citados nesse texto.

Belo Jardim e Sport empatam sem gols no Lacerdão

Em partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Pernambucano 2018, o Belo Jardim e o Sport ficaram no 0x0. O jogo aconteceu na noite desta quarta-feira (21), no Lacerdão, em Caruaru.
O Calango, que tentava escapar da lanterna, tinha um estilo de jogo bem definido, que era se defender e buscar os contra-ataques. Já o Leão precisava dar uma resposta à torcida e embalar uma boa sequência no Pernambucano.
Com o resultado, o Leão caiu para a quarta colocação na competição e perdeu a chance de encostar no líder Náutico. O time volta a campo sábado (24) contra o Vitória, na Ilha do Retiro. Já o Belo Jardim, que saiu da última posição de forma momentênea, joga no domingo (25) contra o América-PE, no Estádio Ademir Cunha.
Público:  720 torcedores
Renda: R$ 21.580

Justiça obriga Prefeitura de Belo Jardim a demolir construções clandestinas às margens do rio Bitury


Imagem relacionada
A Justiça obrigou a Prefeitura de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, a demolir construções clandestinas localizadas às margens do Rio Bitury. De acordo com o Ministério Público estadual (MPPE), o loteador deve parar qualquer atividade potencialmente danosa ao meio ambiente, sob pena de multa de R$ 2 mil por dia de descumprimento.

Por telefone, a assessoria de imprensa da gestão municipal informou ao G1 que a prefeitura não foi notificada.

Na mesma decisão, a Justiça também determinou ao município que embargue de imediato o loteamento clandestino e promova ação de demolição das seis casas já edificadas e de outras duas que estão em construção.

"Além dessas medidas, determinadas em caráter liminar, a promotora de Justiça Sophia Wolfovitch Spinola também requereu à Justiça que os réus (loteador particular e poder público municipal) sejam condenados de forma definitiva a reparar os danos ambientais causados pelo aterramento e ocupação desordenada do leito do rio Bitury", conforme consta na decisão.

As pessoas que adquiriram os lotes devem ser indenizadas, mediante a substituição dos imóveis por outros regularizados e em perfeitas condições de uso e ressarcimento das quantias pagas, segundo o MPPE.

Por fim, o MPPE também requereu a condenação de ambos ao pagamento de danos morais coletivos causados ao meio ambiente e à ordem urbanística.

Morre Capitán, cão que velou túmulo do dono por uma década


Capitán, o cão mais fiel de todos
Nos últimos dez anos, Capitán tinha uma rotina: velar o túmulo de seu tutor, em Villa Carlos Paz, Córdoba, na Argentina. O cãozinho, de aproximadamente 15 anos, foi encontrado morto na última segunda (19), no mesmo cemitério.

Capitán chegou ao local em 2007, dez meses após a morte de Miguel Guzmán, e passou a viver por ali. Era conhecido e querido pelos funcionários, recebia alimentos e tratamento veterinário.

Nos últimos tempos, porém, o cachorro andava com dificuldade, havia perdido parcialmente a visão e sofria de insuficiência renal.

Ao jornal "La Voz" o veterinário Cristhian Stempels disse que, diante da idade e das condições de saúde, o animal poderia ter sido internado, para que morresse na clínica. Mas prefeririam fazer o atendimento no cemitério, onde ele vivia e se sentia tranquilo.

Ninguém sabe como Capitán chegou ao local. A família diz que ele sumiu após a morte do tutor e que, meses mais tarde, foi encontrado junto ao túmulo. Tentativas de levar o cão para casa teriam sido feitas, mas sem sucesso.

Guzmán morreu em um hospital e, segundo familiares afirmaram à mídia local, o cachorro não acompanhou velório ou seguiu o cortejo até o enterro.

O diretor do cemitério, Héctor Baccega, havia informado ao "La Voz" que o animal chegou sozinho e deu voltas até achar o túmulo. Apesar de ficar solto e dar seus passeios durante o dia, voltava e se deitava em frente ao jazigo todo fim de tarde.

Conforme o jornal "El Clarín", protetores pediam que o animal fosse enterrado com o tutor. Já a administração local teria proposto cremar, enterrar os restos mortais em uma pequena área e construir um monumento ao cachorro.

Resumo da 8ª rodada do Pernambucano


A 8ª rodada do Campeonato Pernambucano de 2018 só acabará depois da 9ª rodada. É isso mesmo. Devido ao choque nos calendários, os jogos de Santa e Salgueiro, com compromissos no Nordestão nesta semana, foram remarcados. E só serão disputados após a rodada do fim de semana. Sendo assim, o blog traz o cenário com os três jogos realizados na data regular. No caso, com o Náutico de volta à liderança. Vence na Arena e contou com o revés do Central na mesma arena, no dia seguinte.
Em relação ao público, a média de foi de apenas 1.031, com o pior público ocorrendo, de forma surpreendente, em Caruaru (722). Quanto à artilharia, Thomas Anderson, do Vitória, segue na liderança isolada com 6 gols.
Náutico 2 x 1 Afogados – Com muitos reservas, o timbu fez uma partida ruim. Se salvou na noite a estreia do paraguaio Ortigoza. O atacante sofreu um pênalti, converteu a cobrança e ainda deu a assistência do 2º gol
Vitória 1 x 0 Central – No duelo dos último invictos, na Arena, restou apenas um. No caso, o tricolor das tabocas, que venceu com um gol de Léo Carioca. Tem a campanha 3V-4E-0D, mesmo sem jogar em Vitória de Santo Antão
Belo Jardim 0 x 0 Sport – O leão enfrentou o então lanterna e não conseguiu marcar um golzinho, somando o 4º tropeço em 7 partidas. Já o calango aproveitou o pontinho para deixar a lanterna, agora com o Fla de Arcoverde
Pesqueira x Salgueiro – a disputar (01/03, às 20h)
Flamengo x Santa Cruz – a disputar (01/03, às 20h, com Premiere)
Próxima rodada (Central folga)
24/02 (18h30) – Sport x Vitória (Ilha do Retiro) – Premiere
25/02 (16h00) – Salgueiro x Afogados (Cornélio de Barros)
25/02 (17h00) – Santa Cruz x Pesqueira (Arruda) – Globo
26/02 (20h00) – Náutico x Flamengo (Arena PE) – Premiere
27/02 (20h00) – América x Belo Jardim (Ademir Cunha) – FPF/internet

A classificação após 8 rodadas (verde = quartas; vermelho = descenso).
A classificação do Pernambucano 2018 após 8 rodadas. Crédito: Superesportes

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

PROGRAMA AGRESTV ESPORTES DO DIA 20/02/2018 COM AS PARTICIPAÇÕES DE CACÁ MACIEL E VICTOR MONTEIRO PRESIDENTE DO CALANGO

Aos 86 anos, estudante do DF termina 2ª graduação e faz planos: 'já estou na pós'


Amélia Diniz, aos 86 anos, concluiu, esta semana, a segunda graduação (Foto: Marília Marques/G1)
Aos 86 anos, a aposentada Amélia Diniz exibe com orgulho a pilha de livros e cadernos preenchidos com o capricho típico de uma aluna aplicada. A estudante está prestes a se formar em teologia, a segunda faculdade concluída após um intervalo de mais de 60 anos. A formatura será nesta quarta-feira (21) em Brasília.

Antes mesmo de pegar o diploma, a idosa já decidiu os próximos passos. Amélia, que também exerce os papéis de mãe, avó e bisavó, se matriculou em uma pós-graduação noturna e agora pretende voltar às salas de aula pelo menos duas vezes na semana.

Divulgados os grupos de Central, Fla de Arcoverde e Belo Jardim na Série D


Central, Belo Jardim e Flamengo são os representantes de Pernambuco (Foto: GloboEsporte.com)
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta terça-feira a tabela básica do Campeonato Brasileiro da Série D. Pernambucano será representado por Central, Flamengo de Arcoverde e Belo Jardim. A competição tem previsão de início para o dia 22 de abril.

O Calango está no grupo A6, junto com Guarani-CE, Imperatriz-MA e América-RN. Já a Patativa caiu no grupo A7, ao lado de ASA-AL, Jacuipense-BA e Sergipe-PE. O Flamengo ficou no grupo A8, com Murici-AL, Fluminense de Feira-BA e Campinense-PB.

Ao todo 68 clubes vão participar do Brasileiro, divididos em 17 grupos com quatro equipes. 32 times passam de fase e vão decidir as vagas em jogos de ida e volta, em seguida serão realizadas as fases de oitavas, quartas, semifinais e final. O preço mínimo dos ingressos estabelecido pela CBF é de R$ 10.

Confira os jogos da primeira rodada:


Belo Jardim divulga valores dos ingressos para jogo contra o Sport


Jogo será no estádio Lacerdão (Foto: Lafaete Vaz / GloboEsporte.com)
A diretoria do Belo Jardim divulgou o preço dos ingressos para a partida contra o Sport, nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio Lacerdão. O duelo é válido pela oitava rodada do Campeonato Pernambucano 2018.

As entradas para as arquibancadas vão custar R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) para estudantes e idosos. Os ingressos para as cadeiras custam R$ 50. Os valores são iguais para ambas as torcidas. Os bilhetes estarão a venda a partir das 18h da quarta.